2.3.10

ANIVERSÁRIO NABANTINO

Ontem, a minha terra (concelho), a minha cidade completou a bonita idade de 850 anos, que de certo modo foram assinalados com alguma dignidade. Desde os alvores da nacionalidade que a cidade de Tomar tem escrito as mais belas páginas da história deste país, razão para que os tomarenses ou nabantinos sintam orgulho nesta "terreola" situada no coração da portugalidade.
Coração em sentido dúplice, por um lado pela sua situação geográfica quase no centro do país (ainda que nos humanos o coração se situe no lado esquerdo), e por outro lado pelo papel que desempenhou na gesta dos descobrimentos.
Daqui se partiu a construir o Império, com a capacidade económica e os conhecimentos teóricos dos Cavaleiros de Cristo, dignos herdeiros dos Templários, e a extraordinária ousadia do infante D. Henrique. Tudo isso contribuiu para que hoje tenhamos orgulho em mais um aniversário nabantino que comemorámos!
Mas ontem, assinalava-se o dia em que o mestre dos Templários para o reino de Portugal, iniciou a construção do Castelo que posteriormente viria a ser sede daquela Ordem e da de Cristo. Como referente a lápide existente no mesmo a "na era do ano de 1198 (1160, era de Cristo)... D. Gualdim Pais... começou no primeiro dia de março a edificar este castelo, chamado de Tomar".
Parabéns Tomar!

1 comentário:

Lu! disse...

Parabéns à bela cidade de Tomar =)