4.2.11

ORA AÍ ESTÁ!

Não é preciso ser bruxo ou perceber alguma coisa de economia para ver que isto ia acontecer. Com a subida do petróleo era natural que os combustíveis viessem a subir, exactamente como eu já tinha referido. Aliás esta é uma prática nacional de há muito tempo e que se traduz em um dos mais evidentes "roubos" aos cidadãos/consumidores, cada vez que ocorre uma subida do preço do barril de petróleo.
E porque é que é um "roubo"? Pelo simples facto de quando se dá a descida para o preço anterior nunca ocorrer a idêntica em termos do preço do petróleo. Passo a explicar: Petróleo a 90 dólares o barril, a gasolina em Portugal a 1,45 €; Sobe o barril para 102, sobe gasolina para 1,50 €; Desce o barril para 90, gasolina desde 1,47 €, ou 1,46. E é neste tipo de truques continuados e sem uma fiscalização atenta que as gasolineiras nos enganam... ou roubam! E isto, infelizmente, já se passa há muitos e continuados anos e nem a Autoridade da Concorrência faz nada! E não faz porquê?
Não faz nada porque ao próprio Estado interessa este tipo de coisas, pois quanto mais elevado for o preço maior é o valor do imposto em termos líquidos, se bem que ele seja sempre de 25 ou 30%, independentemente do preço da gasolina ao público. Com isto quem sai prejudicado é o cidadão que sem dar por ela sofre as consequências do agravamento do imposto, com o lucro a ser dividido pelas gasolineiras e pelo Estado! Ora aí está... como não é difícil fazer baixar o défice mais rápido que o previsto. Quem estará satisfeito com esta notícia que li há pouco deve ser o Teixeira dos Santos!

1 comentário:

António Branco disse...

e a tendência é do preço do petróleo descer quando o dólar americano sobe para haver estabilização dos preços, já que o petróleo é pago em dólares. no entanto, por cá, muitas vezes há subida da gasolina com a subida do dólar...