17.1.11

O CRIME COMPENSA

Já todos ouvimos dizer que o crime não compensa, porém parece que não é verdade! Mais um dogma que está prestes a ruir. Com efeito um banqueiro suíço de seu nome Rudolf Elmer terá hoje dado a conhecer Wikileaks o nome de mais de 2000 cidadãos deste mundo, que de forma completamente impunes que por meios próprios, através de grandes instituições financeiras ou empresas muitinacionais estão a desviar avultadas quantias para colocar em "off-shores", isto é para fugirem ao fisco, penalizando os próprios Estados. De entre tão "honestos" senhores existe gente da Ásia, dos Estados Unidos e do Reino Unido. Se calhar ainda vamos por lá ver algum nome português...
Mas o que mais abomina não só o tal desvio, mas sim o facto da Justiça helvética se preparar para julgar um homem que já há vários anos tentou denunciar este crime junto das autoridades fiscais e que em 2008 conseguiu entrar em contacto com a Wikileaks para divulgar uma prática com a qual diz não concordar. Acusado de alegadamente ser violado o segredo bancário, aquele homem vê-se na iminência de ser condenado enquanto que os grandes "tubarões" que roubam os seus próprios concidadãos, certamente ainda irão receber uma medalha. Não haja dúvida, o crime compensa mesmo!

3 comentários:

Lu! disse...

Xiiii como o mundo está... É incrivel mas assim vamos bem depressa para o poço... Aliás já estamos... Não há justiça nenhuma, é só "ladrões" a crescer às custas dos outros...
:(
Beijinhos

Notícia em Verso disse...

Suíça, terra dos Alpes, do chocolate, dos relógios
Também muito visada pelos bancos, os negócios
Um porto seguro para gente endinheirada
Que nem sempre tem boa fé na empreitada

Sigilo garantido, além de paraíso fiscal
Prato cheio para quem vai fazer o mal
Não é novidade que é usado com essa finalidade
Mas há quem não agüente mais essa cumplicidade

E então o Wikileaks, convocado, acena prontamente
Julian Assange, Robin Hood moderno, está presente
E recebe do ex-funcionário bancário, um tesouro
Banco de dados completo, informação que vale ouro

Extratos contendo movimentações duvidosas
De empresários, políticos e até gente famosa
Que certamente não procurou a Suíça por parentesco
Mas para se livrar de um imposto de renda gigantesco

O que foi recebido pelo australiano ainda vai ser avaliado
E só então saberemos se quem se escondia será encontrado
Será que na turma de “rabo preso” tem algum brasileiro?
Disso não duvido nada, aposto todo o meu dinheiro

http://noticiaemverso.blogspot.com
Twitter: @noticiaemverso

António Branco disse...

se calhar ainda encontram lá o Cavaco :)